Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Projeto Caatinga

As sementes, por apresentarem problemas de dormência de tegumento, necessitam de tratamento para a sua ruptura, podendo ser por processos físicos ou químicos. Recomenda-se a prática de imersão das sementes em água recém-fervida por um minuto. Com este processo de quebra de dormência a germinação tem início 3 a 5 dias após a semeadura e pode-se obter cerca de 80% de sementes germinadas (RIBASKI et al., 2003).

Referência bibliográfica

RIBASKI, J., LIMA, P. C. F., OLVEIRA, V. R. de, DRUMOND, M. A. Sabiá (Mimosa caesalpiniaefolia) Árvore de Múltiplo uso no Brasil. Colombo, PR: EMBRAPA-CNPTIA, Dezembro, 2003 (EMBRAPA-CNPTIA. Comunicado técnico 104)

18 de setembro de 2018. Visualizações: 432. Última modificação: 03/04/2020 16:01:51