Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Projeto Caatinga

Porte, forma da copa, cor e hábito de crescimento

O pinhão se desenvolve como arvoreta de 1 a 6 m de altura, copa pequena, pouco ramificado, possuí  tronco suculento e decíduo (LIMA, 2012).

Características vegetativas

  • Casca e caule

Tronco liso, pouco ramificado, com casca verde-cúprea, decídua, desprendendo-se em laminas papiráceas (LIMA, 2012).

Casca deiscente do Pinhão bravo.

  • Folhas

Simples, membranáceas, concolores, geralmente 5-lobada, com lamina foliar largo-ovada (LIMA, 2012).

Folha simples do Pinhão bravo.

  • Flor

As flores masculinas e femininas ocorrem na mesma inflorescência, pétalas glabras de coloração variável, entre branca-avermelhada até vermelhas (LIMA, 2012).  

Flores e frutos do Pinhão bravo.

  • Fruto

Os frutos são cápsulas verdes, globosas de deiscência explosiva (LIMA, 2012).

Frutos do Pinhão bravo.

  • Sementes e síndrome de dispersão                    

O fruto do pinhão possui 3 sementes oblongas, de 8-9 mm de comprimento, de cor castanho-escuros um pouco avermelhadas (LIMA, 2012).

Referências

DE LIMA, Bráulio Gomes. Caatinga: espécies lenhosas e herbáceas. EdUFERSA Editora Universitária, Universidade Federal Rural do Semi-Árido, 2012.

MAIA, Gerda Nickel et al. Caatinga: árvores arbustos e suas utilidades. 2. Ed., Fortaleza: Printcolor Gráfica e Editora, 2012.

14 de julho de 2020. Visualizações: 115. Última modificação: 14/07/2020 10:37:23