Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Projeto Caatinga

A Universidade Federal Rural do Semi-árido (UFERSA) possui uma área, dentro dos limites do campus sede em Mossoró, que recebia resíduos sólidos, provenientes da própria universidade, antes do ano de 2014 (Figura 1). No entanto, medidas foram implantadas para que os resíduos tomassem destinos adequados e específicos de acordo com a legislação vigente. Sendo assim, após essa decisão, a UFERSA, se propôs, a restaurar a área, antes utilizada para destinação dos resíduos sólidos (Figura 2)

 

Figura 1 – Área do lixão da Ufersa no ano de 2010.

Figura 2 – Área do lixão da Ufersa no ano de 2019.

No entanto, historicamente, a área sofreu com periódicos incêndios, levando ao insucesso do processo de restauração. No início de 2020, em parceria com o Projeto Caatinga, a UFERSA novamente realizou a restauração da área do lixão (Figura 3). Inicialmente foi realizado uma visita a área para identificar a presença de regeneração natural. Antes da limpeza da área todas as plantas nativas foram identificadas e estaqueadas. Parte das mudas foram produzidas pela equipe do Projeto  Caatinga em casa de vegetação. O projeto contou com apoio do setor de produção de mudas da UFERSA e também com a Empresa Junior do curso de Agronomia (AgroArid), que doaram parte das mudas. As atividades também receberam o apoio dos bolsistas do projeto Caatinga e terceirizados da UFERSA.

Figura 3 – Equipe do Projeto Caatinga realizando o plantio de mudas na antiga área do lixão da Ufersa em 2020.

17 de março de 2020. Visualizações: 102. Última modificação: 24/04/2020 10:03:13