Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Projeto Caatinga

Porte, forma da copa, cor e hábito de crescimento

São árvores que apresentam um dos maiores portes da Caatinga, apresentando altura entre 20 e 35 m, diâmetro variando entre 80 e 160 cm e copa ampla (LORENZI, 2008). A madeira é leve (densidade 0,54 g/cm³), macia ao corte, grã direita para irregular, pouco resistente, medianamente durável, com alburno diferenciado (LORENZI, 2008).

Características vegetativas

  • Caule e casca

Tronco de casca fina, cor acinzentada com ritidoma lenticelado, levemente estriado  (LORENZI, 2008).

Casca de indivíduo adulto de Timbaúba.

  • Folhas

Folhas alternas espiraladas com 1,0 a 1,5 cm de comprimento, estipuladas, compostas bipinadas, com 2 a 7 jugas, foliólulos lanceolados a oblongo-elípticos ou ovalados e glabros (LORENZI, 2008).

Folha recomposta da Timbaúba.

  • Flor e inflorescência

Flores de coloração claras geralmente brancas, dispostas em umbelas axilares(LORENZI, 2008).

Fases da inflorescência da Timbaúba.

  • Fruto

Fruto do tipo vagem na coloração escura, com formato contorcido e indeiscentes (LORENZI, 2008).

Fruto da Timbaúba.

  • Semente

Sementes duras e amareladas (LORENZI, 2008).

Sementes de Timbaúba.

 

Referências

  1. LORENZI, H. Árvores brasileiras: manual de identificação e cultivo de plantas arbóreas do Brasil. 5. ed. Nova Odessa, SP: Instituto Plantarum. 2008. 384 p.
11 de abril de 2019. Visualizações: 504. Última modificação: 16/06/2020 10:32:07