Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Projeto Caatinga

O Projeto Caatinga realiza estudos de biomassa destrutiva, para fins de geração de modelos que possam ser empregados nos estudos de biomassa não destrutiva. Para esse fim, algumas espécies foram selecionadas em área sujeita a supressão da vegetação, previamente autorizada pelo órgão competente. Árvores foram cortadas ao nível do solo, e pesadas com auxílio de balança digital. Foram coletados pelo menos 15 indivíduos de cada espécie. Os indivíduos foram mensurados quanto ao diâmetro basal, ao diâmetro basal dos ramos, a altura e ao diâmetro médio da copa.

Amostras de tecidos foram coletadas, pesadas e encaminhadas para o laboratório, secas até peso constante e pesadas novamente para obtenção do peso seco. Parte das amostras será homogeneizada, moída e encaminhada para laboratório a ser definido para a determinação do teor de carbono.

Serão elaboradas curvas de regressão com base em modelos disponíveis na literatura, como Spurr, Naslund, Schumacher e Ogaya. Também podem ser elaborados modelos polinomiais. Outros modelos podem ser produzidos. Os modelos serão ajustados pelo método de Levenberg-Marquardt, sendo escolhidos com base no coeficiente de regressão, na raiz do quadrado médio do erro, no coeficiente de variação do erro, e no índice de Furnival. Serão elaborados modelos não específicos da mesma forma.

26 de março de 2019. Visualizações: 253. Última modificação: 26/03/2019 15:50:47