Início do cabeçalho do portal da UFERSA

Projeto Caatinga

As mudas, de acordo com Albuquerque & Endres (2008) devem ser produzidas em sacos de polietileno preto opacos de 3,5dm3 (15 cm de diâmetro e 20 cm de altura), com furos laterais para drenagem da água. Segundo Aguiar et al. (1989), a vermiculita pura, ou em combinação com outros componentes, constitui excelente substrato para produção de mudas tanto por semeadura quanto por enraizamento de estacas. Entretanto, há uma grande necessidade de testar substratos de fácil aquisição, alternativos a vermiculita, por ser esta de elevado custo (GOMES et al., 1985).

Sabiá

Produção de mudas de Sabiá.

 

Referências

  1. ALBUQUERQUE C. C.; ENDRES, L. Desenvolvimento de mudas de duas espécies arbóreas: Mimosa caesalpiniifolia Benth. e Sterculia foetida L. sob diferentes níveis de sombreamento em viveiro. Floresta, Curitiba, v. 38, n. 1, 2008.
  2. AGUIAR, I. B. et al. Seleção de componentes de substratos para a produção de mudas de eucalipto em tubetes. IPEF, Piracicaba, v. 41/42, p. 36-43, 1989.
  3. GOMES, J. M. et al. Uso de diferentes substratos na produção de mudas de Eucalyptus grandis em tubetes e em bandejas de isopor. Revista árvore, Viçosa, 9, p. 58-86, 1985.
11 de abril de 2019. Visualizações: 232. Última modificação: 01/07/2020 11:16:16